13 de fevereiro de 2011

Musicalização de Bebês - fazendo uma aulinha em casa

Ah, como adoro falar sobre isso! Como amo Musicalização Infantil! Então, Lu Cavalcante, é um prazer ajudar e responder suas dúvidas. A Lu tem um bebê de 1 ano e 6 meses, e quer saber como musicalizá-lo. Um instrumento musical FORMALMENTE nessa idade pode ser muito precoce. O que isso quer dizer? Que se você tiver a oportunidade,deixe ele ter contato com o máximo de instrumentos musicais. Manipular, brincar, tocar do jeito que ele quiser, descobrir. Sempre monitorando para que ele não se machuque deixe que ele toque o violão e o transforme num instrumento de percussão também. Deixe que ele explore um teclado, um pandeiro, um saxofone, uma flauta, um violino... o contato com os instrumentos e com o som desses instrumentos é muito importante para os bebês. Mas tocá-los mesmo, com um método e com ênfase na técnica, só quando sua coordenação motora estiver mais desenvolvida, entre os dois e três anos. Se não, cansado de querer tocar sem conseguir, o bebê vai abandonar e até criar aversão ao instrumento. É fundamental que ele esteja interessado e que esteja neurologicamente preparado para tal. Como uma mãe atenta você vai saber a hora certa. Até lá...

AULA DE MUSICALIZAÇÂO PARA BEBÊS - faça você mesma

Obviamente que uma aula preparada e ministrada por um profissional licenciado em música será sempre importante: se você puder, procure um professor de música especializado em musicalização para bebês. Ele não só saberá planejar uma aula com objetivos pedagógicos, como também saberá avaliar e conduzir o desenvolvimento musical de seu filho. Mas se você não pode, não é por isso que deixará de dar ao seu filho momentos de alegria e prazer com a música, certo?

1° passo - Estude
Glenn Doman já dizia "As mães são as melhores professoras". Mas professoras precisam estudar para participar do processo ensino-aprendizagem. Quer musicalizar seu filho? Estude sobre o que é musicalização e sobre o desenvolvimento infantil, para fazer atividades que ele aproveite da melhor forma possível. Se puder escolher um único material, leia o RCNEI - Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. É um livro gratuito disponibilizado pelo MEC que serve como parâmetro nacional para o ensino de crianças de 0 a 6 anos em todo o território nacional. Elaborado pelos melhores educadores do Brasil, depois de muita pesquisa e experiência, você pode ter certeza que isso lhe ajudará muito a estimular o aprendizado do seu filho. BAIXE O RCNEI AQUI (Vol. III). A parte de música está entre as páginas 43 e 81. Um "resumão" do RCNEI pode lhe dar uma idéia do que significa musicalizar:

Objetivos:
O trabalho com Música deve se organizar de forma a que as crianças desenvolvam as
seguintes capacidades:
• ouvir, perceber e discriminar eventos sonoros diversos, fontes sonoras e produções musicais;
• brincar com a música, imitar, inventar e reproduzir criações musicais.

Conteúdos:
• Exploração, expressão e produção do silêncio e de sons com a voz, o corpo, o entorno e materiais sonoros diversos.
• Interpretação de músicas e canções diversas.
• Participação em brincadeiras e jogos cantados e rítmicos.

Apreciação musical:
• Escuta de obras musicais variadas.
• Participação em situações que integrem músicas, canções e movimentos corporais.

Procure também livros especializados como os de Elvira Drummond e Josette Feres.


2° passo - Planeje
Planejar o melhor horário, elaborar antecipadamente a aula, separa os materiais que vai precisar com antecedência, tudo isso é importante. Se quer musicalizar seu filho, faça-o com responsabilidade para que haja algum resultado. Mais importante que resultados: mostre amor e respeito da forma que ensina, e seu filho responderá com amor e respeito pelo que é ensinado.

A estrutura de uma aula de musicalização para bebês pode variar conforme a idade (há uma grande diferença entre bebês de 6 meses e bebês de 1 ano), conforme sua disponibilidade de tempo e materiais também. Mas o esquema abaixo pode ajudar muito:

1 - Canção de boas-vindas
Indica que um momento especial está começando, e a criança "entra no clima". Utilize músicas alegres de "bom dia", "boa tarde", "boas-vindas" e também músicas em que você possa encaixar o nome da criança, por exemplo, "A canoa virou, pois deixaram ela virar, foi por causa do(a) ______ que não soube remar". Escolha bem e utilize a mesma música por muitas aulas. Crianças até 2 anos necessitam de um ambiente organizado, gostam de disciplina e a rotina lhes dá segurança. Aproveite este momento para tocar no bebê demonstrando afetividade, carinho e confiança. Saiba que ele estará muito atento a sua postura, gestos, expressão,voz. Mantenha sempre o "olho no olho". Cerca de 3 minutos.

2 - Canção da socialização
Em grupos de bebês este momento fica mais fácil de ser explorado. Se não tem irmãos, e são só você e ele, ainda assim invente joguinhos de partilha. Passar um brinquedo no ritmo da música trabalha o respeito, o saber esperar pela sua vez, o repartir. Bom momento para trabalhar a identidade também: os bebês atédois anos estão começando a se descobrir como seres independentes de sua mãe. Faça joguinhos de "Onde estáo nenê?" (escondendo seu rosto ou o dele) "está aqui!" (descobrindo em seguida. Utilize um paninho transparente e incentive que ele mesmo aprenda a tirar. Cerca de 3 minutos.

3 - Canções temáticas
Hora de explorar recursos visuais para contar uma história. Há várias músicas infantis que são pequenas histórias, e quanto mais simples,mais cativarão os bebês ("O sapo que não lavava o pé", "O pintinho que tinha medo do gavião", "A história dos cinco dedinhos", etc). Utilize fantoches, cartazes, brinquedos, livros, palavras do Programa de Leitura, etc). Ao contar as histórias capriche na entonação de voz,não use um tom só do começo ao fim. Fale alto, baixinho, com voz ora aguda, ora grave, faça efeitos sonoros com a voz e instrumentos sonoros (latinhas, chocalhos, apitos), onomatopéias. Não se espante se em pouco tempo seu bebê começar a imitar suas entonações e sons igualzinho a você. No máximo 8 minutos.

4 - Canções de expressão corporal
A música é uma grande ajuda para desenvolver a psicomotricidade em bebês. Enquanto canta uma música (utilize diferentes andamentos: numa aula uma música mais lenta,noutra aula uma música mais ritmada), faça com que o bebês se mova para cima,para baixo, de um lado par ao outro, movimente e nomeie as partes do corpo. Por exemplo: "Fui no mercado comprar café e uma formiguinha subiu no meu pé". Explore os sons do corpo (palmas, pés, sons da boca), os gestos, movimentos de pular, levantar, agachar, saltitar, engatinhar e arrastar (estes explore bastante!), e você automaticamente estará estimulando a linguagem, desenvolvimento motor, memória e concentração, além da sensibilidade musical. Utilize também canções de trenzinho, carro (dê um pequeno volante para o bebê segurar), cavalinho, etc. - 5 minutos (pode-se usar duas músicas por aula).

5 - Canções de prática instrumental
Eu vou ficar devendo um post sobre instrumentos musicais para bebÊs,porque isso é uma longa conversa a parte. Por hora, procure adquirir alguns isntrumentos musicais de verdade que possa sem livremente manipulados pelos bebês, como ganzás, pandeiros, clavas, xilofone, sinos, apitos (uma criança com nove meses já pode ser capaz de apitar por imitação). Veja NESTE SITE algumas possibilidades. Se o bebê já fala, faça joguinhos para descobrir qual é o isntrumento: toque-o atrás de uma pano e peça que ele identifique. Se for utilizar instrumentos de brinquedo, escolha brinquedos afinados, duráveis e fuja daqueles baratinhos que quebram fácil e podem machucar a criança. Você também pode fabricar alguns de sucata, como tambores de lata de leite com baquetas de colher de plástico, chocalhos de potinhos com arroz dentro. Sempre tend o o cuidado de não deixar aparas, nã usar materiais perigosos ou tóxicos. Mostre a criança como tocar mas deixe-a se expressar livremente e explorar as muitas possibilidades sonoras do objeto. Você verá que elas são muito mais criativas nisso do que nós. NUNCA iniba uma nova forma de tocar que ela invente, a não ser que isso possa machucá-la. Mas se quiser tocar violão com o nariz, tudo bem! Procure apenas fazê-la sentir e tocar conforme o ritmo (pulso) da música. Aproveite para trabalhar os limites: entregue o instrumento à criança só quando estiver sentada. Faça-a devolver no final sem resmungar (arranje uma sacola bonita e faça-a sentir prazer em guardar as coisas, elogiando-a quando o fizer. Ao final, limpe tudo que foi levado à boca. 5 a 8 minutos (pode-se usar duas músicas por aula).

6 - Canção de relaxamento
Este é um momento para o estiramento, esticar mãos, pés, deitar e rolar, receber carinho ao som de uma música relaxante. As mamães podem aproveitar para fazer shantala ou uma simples massagem carinhosa nas costas, nos bracinhos e perninhas, com beijinhos e palavras carinhosas. Utilize músicas com sons da natureza, músicas de ninar instrumentais e vocais. 5 minutos.

7 - Canção da despedida
Canções de "tchau", "Até logo", fecham a aula. ESsa referência é tão importante para elas quanto a canção de boas-vindas. 3 minutos.

3° passo - Selecione material
Separe antecipadamente o material visual e organize tudo de modo a ficar fácil de pegar na hora, mas que não fique na visão do bebê para não distraí-lo da aula. Se o papai puder ajudar entregando os materiais ou utilizando-os, melhor ainda!
MUITO material musical bom para utilizar na musilização de bebês. Varie o repertório buscando sempre a excelência. Se você ainda acha que o Xuxa Só Para Baixinhos é a melhor proposta de música infantil que pode haver, por favor, alargue seus horizontes, busque, pesquise, pergunte a quem sabe e descubra as coisas maravilhosas que há por aí. Quanto mais você conhecer, mais seu gosto vai se aprimorar e o do seu filho também.
OK, vou dar uma forcinha, tá? Segue um arquivo com várias músicas para começar as aulinhas. Selecionei duas músicas para cada parte da aula. Há blogs e comunidades no orkut onde você pode encontrar muito mais. A comunidade, "Música para crianças" é maravilhosa para conhecer bons artistas de música infantil. Vá em livrarias especializadas como Saraiva e Cultura e peça ajuda a um vendedor. O arquivo abaixo é só para dar uma idéia de como começar.

BAIXAR MÚSICAS (.rar - 33,5 MB)
senha: estimulandomeusfilhos

4° passo - Curta
Se seguiu todos os passos anteriore relaxe e curta esse momento com seu filho. Não fique tão preocupada em fazer tudo certo, apenas aproveite para estar com ele e se divertir! Com o tempo você vai aperfeiçoando a técnica,o mais importante porém é o amor dedicado nesse tempo passado juntos.

3 comentários:

  1. Obrigada pelo post =] Ainda não deu pra ver os materiais que você indicou mas volto aqui depois pra contar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Maninha, estamos mesmo na mesma "wave lenght"... eu tou indo a Boston em duas semanas pra fazer minha primeira aula pra certificacao em Suzuki... a professora de musica aqui perto de casa esta' tao lotada de aluninhos que nao esta' aceitando alunos novos... ai nao tem vaga pra Sarinha no ano que vem ainda... solucao? me certificar e abrir o meu proprio studio, hihihi. Se der certo. Voce e' minha inspiracao, sabia? beijos!

    ResponderExcluir
  3. Lu, volte mesmo, esse feedback é muito importante!

    Lucy, minha maninha, que orgulho enorme de você, querida!!! Tenho certeza que vai dar super certo porque unindo seu talento com seu amor materno, você vai ser a mais perfeita professora Suzuki. Por favor, me conte tudo, quero saber detalhes! Beijos, torcendo por vocÊ!

    ResponderExcluir