24 de maio de 2011

Caixas

Não há nada mais estimulante para um bebê que... caixas! E crianças as adoram também
Isso tanto é verdade que é comum ouvir relatos de pais que compraram mega-presentes para seus filhos e viram, com tristeza, os bebês preferirem as caixas aos presentes em si.
Sem problema! De fato, dependendo do presente, a caixa em que ele vem pode proporcionar muito mais conhecimento que o próprio brinquedo hehehehe
Eu lembro com que alegria, na minha infância, eu e minhas irmãs festejávamos quando chegava algum eletrodoméstico novo. Lembro de uma vez que minha mãe comprou um quarto novo e vieram muitas caixas grandes. Eu passei o resto do mês transformando as caixas em casinhas no quintal e brinquei com elas até elas não aguentarem mais de pé. AMAVA aquilo! Uma pena não ter fotos para mostrar, mas lembro até hoje dos detalhes de cada uma, as janelinhas, cortinas, desenhos, etc.
Crianças inventam mil maneiras de explorar caixas, mas você pode ajudá-las. Basta se unir a elas e abrir a mente para a criatividade. Isso pode render muita diversão!

Veja abaixo algumas sugestões de uso para caixas de papelão para diferentes idades:

(Fonte: http://reciclagemesucata.blogspot.com/)

Cubo didático (as figuras são presas e soltas com velcro):

Caixa didática (com potes e tampas para manipular):

Quebra cabeças (cada face da caixa monta um quebra-cabeças):



(Fonte: Google)

Teatrinho:


Expositor de trabalhinhos:


Robô:
Carrinho:
Avião:

Casinha:

castelo:



(Fonte: Nádia e Montessori)

Passa-formas:
Caixa formas1

Caixa formas2

Organizadores (neste caso, de cores e formas):

Cores e Formas

(Fonte: Quero um colinho e Primeiros Passinhos)

Neste lindo blog as educadoras usam as caixas como túnel (trabalhar a permanência do objeto tão importante nessa fase), casinha com obstáculos (as fitinhas na porta são um tipo de barreira para o bebê enfrentar), e as próprias caixas podem servir como andador e apoio para levantar, mecanismos de percepção tátil (colar coisas em auto-relevo, colocar objetos novos para o bebê, de diferentes texturas dentro, como uma "caixa de descobertas"), visual (colar fotografias e figuras), sonora (colocando objetos sonoros dentro). Além do clássico empilhamento de caixas, ou melhor ainda, derrubamento de caixas, que eles AMAM.



(Fonte: minha casa)

ônibus:

E quando a caixa está só o bagaço, ainda dá pra ser uma prancha ou "tapete voador":



Quer se tornar um mestre na arte da caixa de papelão? Dá uma olhada AQUI e AQUI

4 comentários:

  1. Amiga, uma vez vi uma sugestao mas nao me lembro o site, era um tunel feito de caixas e coberto de EVA,muito legal essas ideias..obrigada por compartilhar...

    ResponderExcluir
  2. AMEI!!! Estou conhecendo seu blog.
    Obrigada!

    Abimara - luardabia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Sou Marisete, do Blog Quero um colinho e primeiros passinhos. Adorei sua postagem! Como vc sabe adoro caixas, e sei que tem muita coisa que ainda não fiz, hj aprendi muito com vc! Obrigada por compartilhar! Abraços
    Marisete Schmidt
    http://queroumcolinhoeprimeirospassinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir