21 de janeiro de 2013

Homeschooling - como fazer o planejamento do que você quer ensinar a seu filho

Ano passado fiz um post falando sobre o material que separei para usar com meus filhos em 2013. Na verdade isso foi apenas parte do planejamento de nossas atividades. A princípio pode parecer exagero colocar tudo no papel, mas não é, e explico.

Quando cursei a primeira matéria de Didática na faculdade, minha primeira impressão também era que aquilo tudo era um exagero. Eu achava que uma aula era assim: o professor já sabia o conteúdo que ia aplicar, e pronto. Mas depois compreendi que um bom planejamento é essencial por dois motivos: você se organiza antecipadamente, e com isso pode tornar a aula muito mais legal, e , segundo, você fica com um registro que lhe permite, futuramente, avaliar melhor seu próprio desempenho e dos seus alunos. Trazendo isso para a atmosfera doméstica, se você experimentar pensar antes, em quais assuntos poderia abordar, e tentar fazer um encadeamento lógico entre eles, o aprendizado vai ficar melhor ainda. Porque a criança aprende melhor quando há essa sequência, quando os assuntos estão inseridos num contexto global, mais amplo, daí sua compreensão dos conteúdos fica muito mais natural, porque elas seguem para o próximo assunto espontaneamente. Perceba que a noção de tempo e espaço (ontem - hoje - amannhã - hora - ano - distâncias) também são construídas lentamente na mente infantil, e uma sequência lógica de temas ajuda-a a compreender fatos e localizar a si mesma dentro de um deteminado tempo e espaço.

Por exemplo: se você quer começar a trabalhar contagem com seu filho, já pode pensar no que virá depois: a representação gráfica da contagem através dos numerais? Sim, e depois disso, adições simples. Uma coisa leva a outra. Se você tem ideia do que fará no futuro, quando estiver pesquisando na internet e vir uma atividade legal sobre um assunto futuro, já vai registrá-la e providenciar os materiais que precisará para realizá-la. Quando vir um jogo ou material interessante numa loja, e perceber que está numa super promoção, pode adquirir pois sabe do que vai precisar no futuro. Quando vir um lugar que tem algo sobre o que vocês vão aprender, já se prepara para ir lá, para uam "aula de campo". Eu garanto que é menos complicado do que ficar sempre procurando algo novo, e tentando improvisar. Se você simpatizou com a ideia, vamos lá, vamos conhecer a estrutura de um planejamento.

Selecionei uma estrutura bem simples, porque mães precisam ser objetivas e poupar tempo: o objetivo do planejamento é ajudar, e não complicar mais as coisas.

PLANEJAMENTO

Tema: (Linguagem? Matemática? Ciências? Artes? Psicomotricidade?)

Período: esse item é opcional, mas se você registrar a data das atividades, vai ficar com um diário do desenvolvimento do seu filho.

Conteúdo: (Numerais cardinais? Sílabas? Ciclo da água? Cores primárias?)

Procedimentos: Aqui você vai descrever com palavras ou com uma foto, aquela atividade legal que você viu sobre o assunto. 


Recursos: Se você simpatiza com o método Montessori, procure pensar em dois quesitos para apresentar o conteúdo: um livro (site, power point) e materiais concretos sobre o assunto. Por exemplo, se eu for trabalhar o som das letras, vou usar o livro "Bichodário" ou o site Bebelê (sim, o site pode substituir o livro na apresentação, desde que a criança tenha condições de explorá-lo livremente e desde que você não tenha condições de ter um livro para cada assunto). Material concreto: alfabeto móvel de EVA.

Caso você ache necessário, pode incluir nos recursos, uma ou mais atividades no papel sobre o tema. Se você acha legal, recomendo imprimir antecipadamente tb. Pra evitar problemas com computador, impressora, tinta, papel, ou o pior de todos : TEMPO. Deixar tudo impresso numa pastinha lhe garante tranquilidade e poupa seu tempo no dia-a-dia

 Algumas das minhas pastas de atividades que uso aqui em casa. São pastas de papelão, simples, mas nelas separo o material impresso por assunto, e isso facilita muito minha vida. Dentro das pastas coloco os livrinhos que estou usando e as páginas que imprimo de sites de tarefinhas.



Se você desejar, pode também deixar em cada planejamento um espaço para a avaliação. Mas esqueça coisas como notas e números. Nesse espaço escreva como seus filhos receberam a atividade, e qual você acha que foi o aproveitamento deles da proposta, e isso vai lhe ajduar a pensar se você continua naquele tema ou segue adiante.

IMPORTANTE: Nenhum planejamento existe para engessar a prática educativa. Por isso saiba ser flexível e fazer mudanças quando for preciso. Na prática, algumas coisas vão sair dos seus planos, e você vai precisar fazer adaptações. O planejamento é uma espécie de guia dos seus objetivos educacionais. Mas mais importante é que as crianças estejam tendo experiências de aprendizado reais, significativas. Isso é mais importante que prazos, planos e até mesmo conteúdos. Se precisar demorar mais que o previsto ou pular um assunto, faça-o sem medo. Coloque sempre as necessidades e particularidades dos seus filhos em primeiro lugar. Se você planejou uma atividade mas mudou de ideia porque viu outra melhor ou não deu para providenciar o material que queria, tudo bem, não se culpe e siga em frente. SE seu filho não gostou ou não fixou bem o assunto, não tenha pressa de avançar: procure outras formas de mostrar o assunto e continue no tema até que ele se sinta seguro.

Abaixo vou compartilhar com vocês meu planejamento em Educação Cósmica, que é um assunto do currículo montessoriano que inclui ciências, geografia, história, etc. Foi pensado para crianças do nível do Fundamental I em diante, portanto o que segue é uma livre adaptação para crianças do nível da Educação Infantil (os meus filhos tem atualmente 2 e 5 anos), cobrindo as chamadas "5 grandes lições":

1a lição: O Inicio do Universo e da Terra
2a lição: O início da Vida
3a lição: O início da Humanidade
4a lição: A História dos Número
5a lição: História do Alfabeto

Embora o programa seja extenso, não é nossa intenção aprofundar os assuntos, mas apenas apresentá-los da forma mais lúdica e divertida, com o objetivo principal de fazer as crianças se sentirem parte de um mundo, da humanidade, e começarem a despertar para compreender seu papel nela. Embora a abordagem seja superficial, ela segue uma sequência cronológica, e isso facilita e fixa a aprendizagem, constextualizada no tempo e no espaço. A memória da criança irá resgatar não apenas informações isoladas, mas parte de uma grande história da qual ela também participa.

Meu grande desafio foi pensar em atividades que os dois pudessem explorar juntos, assimilando as informações em níveis diferentes, mas trabalhando juntos. O método Montessori tem a grande vantagem de tornar isso possível, por isso é tão usado por mães que otam pelo homeschooling e lidam com irmãos de idades diferentes.

Demorei cerca de 4 dias para fazer este planejamento, mas isso com certeza vai me poupar muitos dias de preocupação, e vai me deixar em alerta para ideias que eu possa aproveitar nos temas selecionados.

PLANEJAMENTO ANUAL 2013

Tema: Educação cósmica
Período: janeiro a dezembro de 2013

1a lição: O Inicio do Universo e da Terra

Conteúdo: O universo - o início de tudo
Procedimentos: Assistir ao musical "Plunct Plact Zum" e cantar e dançar músicas com as crianças. Fazer uma nave espacial de papelão que servirá de mural para os trabalhos produzidos pelas crianças ao longo das atividades. Falar sobre as versões para o início do universo (japoneses, índios americanos, índios brasileiros,  científica do início do universo e simular um big bang colocando confetes coloridos, glitter e outras coisas dentro de uma bola de encher preta e estourando sobre uma cartolina preta. Estudar o roteiro sugerido AQUI .
Recursos: Livro "Explorando o Universo - Estrelas e Galáxias"
CLIQUE AQUI PARA VER COMO FOI ESSA AULA

Conteúdo: O universo - As constelações
Procedimentos: Visitar o planetário do Estação Ciência Recife. Usar os cartões para alinhavo das constelações, primeiramente com uma lanterna por trás, depois com linha branca, preenchendo as formas. Introduzir a caixa sensorial dos astronautas/planetas.
Recursos: Livro "Explorando o universo - observação do céu"
CLIQUE AQUI PARA VER COMO FOI ESSA AULA

Conteúdo:Sistema solar
Procedimentos: Utilizar ideias  sugeridas AQUI e AQUI . Fazer um móbile de planetas em torno do Sol.
Recursos: Livro "Explorando o universo - sistema solar"

Conteúdo:A lua e os eclipses
Procedimentos: Mostrar fotos e vídeos da lua. Ir ao observatório da Torre Malakkof. Fazer experimentos de eclipses utilizando vela e esferas. Fazer experimento das crateras lunares. Usar luneta para observar a lua em suas diferentes fases.
Recursos: Bolas de isopor pintadas por eles.

Conteúdo:Astronautas e viagens espaciais
Procedimentos: Fazer um foguete com água e garrafa PET: e foguetes de garrafas recicladas. Fazer uma linha de tempo das descobertas e conquistas espaciais. Fazer uma roupa de astronauta com garrafa pet, balde transparente (Capacete) e papeis diversos.
Recursos: Livro "Explorando o universo - exploração espacial e história das descobertas"

Conteúdo: O planeta Terra - Formação
Procedimentos: Linha de tempo sobre a formação da terra em termos científicos. Caixa sensorial.
Recursos: Livro "Terra - história de um planeta ", editora Girassol

Conteúdo:O planeta Terra - Estrutura
Procedimentos: Estrutura interna da terra e camadas atmosféricas (comparar com a de outros planetas). Massinha de modelar para fazer um modelo da estrutura interna. Experiência spara provar a existência do ar e da pressão atmosférica: AQUI, AQUI, AQUI e AQUI
Recursos:Livro "Terra - história de um planeta ", editora Girassol

2a lição: O início da Vida

Conteúdo: A Terra e aquilo que nela habita
Procedimentos: Apresentar um mural com objetos concretos para reppresentar a biosfera relacionada aos elementos da Terra (terra - litosfera, água - hidrosfera, ar - atmosfera). Apresentar os seres da natureza classificados em vivos e não vivos. Introduzir a classificação dos reinos: Mineral, Plantae, Animalia, Monera, Fungi e Protista através de figuras no mural e objetos.
CLIQUE AQUI PARA VER COMO FOI ESSA AULA

Conteúdo:  Os grandes reinos: Reino Mineral
Procedimentos: Passeios em parques e praias para pesquisa e coleta de pedras e minerais diversos e fazer um cesto de tesouros da natureza. Características dos minerais e curiosidades sobre eles. Rochas: tipos e informações interessantes sobre elas. Gemas: cartões de classificação. Escala de dureza de Mohs. Fósseis. Confecção de uma exposição com tipos de minerais.
Recursos: Livro: "Fósseis, Rochas e Minerais" - editora Todolivro. Gemas autênticas encontradas NESTE SITE. Imitação de pedras preciosas de plástico. Kit de "escavação" e coleta.
CLIQUE AQUI PARA VER COMO FOI ESSA AULA

Conteúdo: Os grandes reinos: Reino Vegetal
Procedimentos: Construção de uma horta vertical no nosso jardim, com temperos e algumas leguminosas. Experimento individual com semente de feijão e pedaço de cenoura para ver os diferentes tipos de germinação. Confecção de Quebra cabeça natural com as partes dos vegetais. Plantas sem flores e sem sementes.Confecção de um quadro com diferentes tipos de sementes (colagem). Experimento sobre como as raízes distribuem a água na planta (flores brancas e água colorida). Experimento sobre fotossíntese. Passeio no parque com kit de pintura para reproduzir a vegetação. Tema transversal: Arte - o impressionismo. Falar sobre o hábitos dos pintores da época, de pintar ao ar livre e observar as mudanças de luz na natureza.
Recursos: envelopes com sementes, kit de pintura, gravuras de pinturas e pintores impressionistas.

Conteúdo: Os grandes reinos: Vegetal
Procedimentos: Flora e paisagens vegetais do planeta. Pesquisa em livros de fotografia da National Gographic. Construção de um mapa da flora brasileira com folhas, madeira, sementes e outros elementos naturais. Caixa sensorial da vegetação de Pernambuco.
Recursos: Livro: a escolher. Cartões com fotos de vegetações típicas.Plantas de brinquedo.

Conteúdo: Os grandes reinos: Fungos
Procedimentos: Investigar diversos tipos de fungos na natureza, observação em ambiente externo (parque, quintal) e interno (alimentos especialmente separados para essa experiência). Provar cogumelo comestível e fazer um prato culinário com ele.
Recursos: Microscópio

Conteúdo: Os grandes reinos: Protista e Monera
Procedimentos: microscópio caseiro para observar microorganismos da água . Observar imagens desses seres e reproduzir com pincel e tinta.
Recursos: Microscópio infantil, papel 40 Kg e celofane azul (para colar em cima da arte, dando o efeito que estão na água.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Invertebrados - Sem proteção corporal
Procedimentos: Fazer um minhocário. Observar figuras e vídeos de vermes. Pesquisar formas de prevenir verminoses. Fazer sobremesa "pudim com minhoca", usando biscoito negresco esfarelado e minhocas de bala de gelatina.
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Invertebrados -Com proteção corporal: equinodermos, moluscos e crustáceos
Procedimentos: Colher conchinhas na praia. Fazer uma exposição com diferentes tipos de conchas, lupas, cartões. Caixa sensorial com estrela-do-mar, caranguejo, lagosta, camarão e conchas. Arte com conchas: colagem.Ver a possibilidade de adquirir um aquário de "Monkey fishs".
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol. Animais de brinquedo.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Invertebrados - Insetos e Aracnídeos
Procedimentos: Passeio no parque/campo/jardim para coletar insetos. Estudo com a lupa e classificação com base nas imagens do livro.Ver a possibilidade de adquirir um formigário.
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol. Miniaturas de insetos para caixa sensorial.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal -Peixes
Procedimentos: Ir a um pesque e pague. Pescar peixinhos na lagoa de Muriú. Ir a um aquário turístico (em Natal). Visitar uma loja de animais para observar os peixes e escolher um. Pesquisar sobre como se alimentam e falar da importância de cuidar do peixinho, incentivando a responsabildiade com a vida. Caixa sensorial. Ver a possibilidade de adquirir um aquário (beta)
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol. Animais em miniatura.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Anfíbios
Procedimentos: Caixa sensorial. Ciclo de vida do sapo: reproduzir em uma maquete. Ver a possibilidade de adquirir este Kit.
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol. Animais em miniatura.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Répteis
Procedimentos: Visita ao zoológico. Fotografar os répteis e montar uma exposição. Eecolher um e fazer um ninho para ele com brinquedos. Estudar sobre as caracterísiticas das cobras venenosas. Caixa sensorial.
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol.. Animais em miniatura

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Aves
Procedimentos: Visita ao zoológico. Fotografar e montar uma exposição apontando as características das aves. Fazer uma ave com massinha, penas, cartolina, palitos, etc. Comprar um pássaro para observá-lo e depois soltá-lo. Construir um alimentador com garrafa pet e pendurá-lo no pé de acerola do quintal. Pendurar casinhas de passarinho para ninhos. Caixa sensorial.
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol. Animais em miniatura.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - Mamíferos
Procedimentos: Visita ao Museu de Ciências Naturais em Recife. Fotografar e montar uma exposição apontando as características dos mamíferos. Relacionar as mães e os bebês mamíferos. Animais selvagens e domésticos. Caixa sensorial da Selva.Ver a possibilidade de adquirir um hamster.
Recursos: Livro "Reino Animal" - Editora Girassol. Animais em miniatura.

Conteúdo: Os grandes reinos: Animal - O corpo humano
Procedimentos: Obserar o mapa e o atlas do corpo humano. Deitar sobre uma folha de papel grande, depois desenhar e recortar a silhueta do corpo. Desenhar os principais órgãos e preencher a silhueta com eles (recortar e colar). Fazer um esqueleto de macarrão .Montar um esqueleto de EVA. Observar radiografias numa caixa de luz (ou na janela, se até lá eu não conseguir fazer a minha). Ler o livro e depois brincar com o jogo de perguntas e respostas.
Recursos: Livro "Por dentro do corpo humano" - Editora Girassol.

3ª Grande Lição - O Início e a evolução da humanidade
 
Conteúdo:O surgimento do homem na Terra - a era pré-histórica
Procedimentos: Visita ao Espaço Ciência em Recife. Pesquisa sobre pinturas rupestres. Construção de uma caverna de caixa de papelão e tintas naturais (urucum, carvão, folhas, etc) para pintar suas paredes.
Recursos: Livro "A história de Tudo", Editora Companhia das Letrinhas

Conteúdo:O surgimento do homem na Terra - Os dinossauros
Procedimentos: Visita ao Espaço Ciência Recife. Construção de estruturas de dinossauros com papelão, observando os modelos em livros. Estudar essas ideias AQUI  Fazer um sítio arqueológico para ser escavado, colocando miniaturas de dinossauros dentro de gesso. Com cartões de dinossauros fazer jogos de classificação e identificação. Caixa sensorial Dinotrem: com dinossauros, vulcão de vinagre e bicarbonato e plaquinhas indicando os períodos geológicos.
Recursos: Livro superciência Dino (Ciranda cultural) e "Como surgiram os dinossauros e por que desapareceram" (Casa Publicadora - dá a visão criacionista dos dinossauros), mniaturas de dinossauros.

Conteúdo:Civilizações antigas - Incas, Maias, Astecas
Procedimentos: Construir piramides com blocos de madeira. Pintar círculos de gesso imitando as inscrições desses povos. Jogar "tlachtli" no quintal: o jogo de basquete dos astecas.
Recursos: Livro "Maias, Astecas e Incas" (Ciranda Cultural)

Conteúdo:Civilizações antigas - A Mesopotâmia
Procedimentos: Mostrar fotos e videos dos povos característicos dessa região. Fazer um "jardim suspenso" como na Babilônia. Falar sobre a história da escrita, focando nos fenícios, que inventaram o primeiro alfabeto. Fazer uma exposição em linha do tempo,  mostrando a evolução da escrita: papiro e hieróglifos, escrita cuneiforme, pergaminho, papel chinês, diferentes tipos de alfabeto.
Recursos: Livro "A história da escrita" de Ruth Rocha. Tinta, argila, papel reciclado (para mostrar as fibras vegetais que os chineses usavam), etc.


Conteúdo:Civilizações antigas - O Egito
Procedimentos: Comparar as pirâmides egípcias com as de outras civilizações. Ideias AQUI, AQUI, e AQUI Construir pirâmides com o Crazy forts . Pesquisar sobre hieróglifos e criar mensagens  e palavras simples com eles.
Recursos: "Meu incrível livro sobre o Egito" (Ciranda Cultural) e "Pirâmides - descubra um mundo de conhecimento" (Girassol)

Conteúdo:Civilizações antigas - Hebreus
Procedimentos: Construção da maquete de um tabernáculo hebreu e estudo do significado religioso de seus símbolos. Apresentação de mapas indicando a jornada dos hebreus e sua posterior fixação em Israel. Pesquisar sobre as letras do alfabeto hebraico. Visitar a Sinagoga Kahal Zur Israel, e observar o modo de vida dos judeus, herdeiros da cultura hebraica. Ver ap ossibilidade de adquirir esse kit (acho que vai ficar só na possibilidade mesmo kkkk)
Recursos: Materiais para a maquete.

Conteúdo:Civilizações antigas - Grécia
Procedimentos: Focar sobre a cultura e arte gregas. Fazer um circuito de psicmotricidade inspirado nos jogos olímpicos. Fazer e pintar esculturas com argila. Criar uma peça de teatro "grega", com música, máscaras, dança e poesia feitos pelos meninos.
Recursos: Livro "A história das coisas", Editora Companhia das Letrinhas

Conteúdo:Civilizações antigas - Roma
Procedimentos: Assistir filme ou desenho que retrate a vida em Roma. Observar figuras de monumentos romanos e fazer a correspondencia com seus nomes. Pesquisar e brincar com os jogos romanos (ver os de tabulerio AQUI). Mostrar figuras e histórias mitológicas e visitar o Museu-Oficina de Francisco Brennand e tentar identificar as obras com elementos da mitologia grevo-romana.
Recursos:  Livro "Roma Reconstruída". Ver a possibilidade de adquirir este kit.


Conteúdo:Civilizações antigas -Árabes e Chineses
Procedimentos: Estudar a história dos números, que foram consolidadas por esses povos, e organizar uma exposição com a linha de tempo da representação gráfica dos numerais. Fazer pratos culinários representativos dessas culturas.
Recursos:  Livro "História dos números" - disponível AQUI

Conteúdo: A Idade Média
Procedimentos: Visitar o museu de armas brancas de Ricardo Brennand (castelo de Brennad) e observar como se vestiam e o que usavam os cavaleiros medievais. Em casa, confeciconar armaduras e espadas com material reciclado.
Recursos: Livro "A história das coisas", Editora Companhia das Letrinhas

Conteúdo: A Idade Moderna
Procedimentos: Progresso comercial das cidades e grandes navegações. Usar um mapa mundi da época para construir uma maquete com mini burgos, cidades e expedições marítimas. Usar dinheirinho e especiairias (açúcar, cravo, canela, pimenta) para simular as relações comerciais de então.Visitar o Museu do Homem do Nordeste e o Museu Pinacoteca de Igarassu para perceber como era o modo de vida nessa época, em nossa região.
Recursos: Livro "A história das coisas", Editora Companhia das Letrinhas

Conteúdo: A Idade Conteporânea
Procedimentos: Focar na cultura e na arte. Visitar o Museu de Arte Conteporânea de Pernambuco e o Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães e escolher com os meninos um artista preferido, para depois pesquisar suas telas e fazer uma releitura (reproduzir ao seu modo) algumas delas. Refletir sobre como essas obras falam do mundo em que vivemos atualmente.
Recursos: Livro "A história das coisas", Editora Companhia das Letrinhas

4ª Grande lição: A História dos Números
 
5ª Grande lição: História do Alfabeto

 
Ao longo do ano postarei aqui fotos, comentários e vídeos de cada uma dessas atividades :-)

29 comentários:

  1. Olá Luciana, já leio seu blog a algum tempo, desde que percebi que minha pequena precisava de um pouquinho de mais estímulos além dos muitos beijos! Rs. Eu estava justamente pensando nisso a alguns dias atrás, de fazer um planejamento pra as atividades da neném, ao invés de fazer aleatoriamente, para me planejar e realizar atividades mais completas. Sou professora de inglês por formação, não exerço, mas nunca tive contato com pedagogia infantil, gostaria de sua ajuda para eu montar o planejamento para ela, que tem um a ano e sete meses! Eu já tiro muitas ideias aqui do blog, mas a longo prazo, não sei bem o que fazer! Rs Um super abraço. aline.chrys@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Luciana, eu como Aline desejo fazer um planejamento... meu bebê tem 1 ano e 6 meses e gostaria da sua ajuda. Não tenho nenhuma formação acadêmica e estou ainda estudando a natureza do homeschooling. Tenho aprendido muitissimo no seu blog. Abraços (danydemaria@gmai.com)

    ResponderExcluir
  3. Olá, queridas Aline e Kelly. Super recomendo para vocês o livro "Estimulação precoce - inteligência emocional e cognitiva"". NA verdade é um box com três livros dividios por etapas: 0 - 1 ano, 1 - 3 anos e 3 - 6 anos. Em cada um há uma parte falando sobre pesquisas, teorias, métodos de estimulação para crianças, depois um detalhamento das destrezas das crianças em cada etapa (o que ela já é capaz de fazer), e por fim, um plano completo de estimulação, todo prontinho, só ler e aplicar. Até as planilhas prontas o livro já traz. Cada atividade está dividida por tipo: estimulação motora, cognitiva, socioafetiva, linguagem e ensina bem direitinho comoe scolher e aplicar as atividades. Todas muito simples de fazer, porque foram pensadas para serem aplicadas por pais também. É o livro mais completo sobre o assunto que conheço, e tema vatagem de trazer um planejamento amplo e pronto.
    Segue o link abaixo para vcs conhecerem, mas pesquisem na net que acho que dá para achar boas ofertas! Beijos e bao sorte!
    http://www.clickbooks.com.br/product_info.php?products_id=1591

    ResponderExcluir
  4. gostaria de sugestões tb, meus filhos têm 1 ano e meio e 3 anos e 9 meses...abraço

    ResponderExcluir
  5. Oi, anônimo! O livro que recomendei acima pode ser muito útil para você e seus filhos também. Só tenha em mente que ele vai exigir bastante tempo de leitura, reflexão (o que meus filhos mais precisam e gostam?) e programação para colocar as ideias em prática. Com seu filho menor, dê mais ênfase ao trabalho de coordenação motora, e com o mais velho, tente equilibrar um programa que contemple a parte física, artística e de linguagem e matemática. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  6. Oi Luciana,
    Acompanho seu blog já há algum tempo. Tenho uma menina de 4 anos e um bebê de 9 meses e tem sido enriquecedor para mim ler sobre suas experiências tão ricas em relação ao aprendizado dos seus filhos. Não sei se você se lembra de mim, mas fomos contemporâneas na UFRN. Com relação ao material utilizado por você, como fazer para comprar esses kits e brinquedos de sites como os do fatbrain ¿ Adorei o material, mas não entregam no Brasil... Continuarei aqui da janelinha, absorvendo e aplicando com os meus. Parabéns pelo blog.
    Lydia
    lydiacastro81@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lydia! Fiquei surpresa e feliz em reencontrá-la! Respondi a você por e-mail. Beijos e obrigada pelo comentário :-)

      Excluir
  7. Lendo, lendo, lendo... E copiando!! Vou fazer as minhas adapatações, mas o seu senso de direção me ajuda, e muito!!!! Beijinho querida : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Ana Paula, é sempre uma alegria e um privilégio receber sua visita. Beijocas para vocês.

      Excluir
  8. Lu, lí tudo e estou aprendendo muito, muito com vc ! Obrigada por dividir conosco !

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi Luciana, obrigada por dividir com agente tanta coisa legal e de forma tao organizada. Queria te pedir uma ajuda. Sou mae de uma menina muito cheia de energia. A Beatriz tem 1 anoe 3 meses, ainda nao vai pra escolinha, por isso fico com ela em casa no periodo da manha e deixo ela com a babá a tarde, pois trabalho nesse periodo. Estou em busca de atividades para fazer com ela, de acordo com sua idade e necessidade de desenvolvimento. Nao quero deixá-la muito tempo na TV, e quero incentivá-la. Que tipo de atividade vc sugere que eu faça com ela, e deixe pra babá fazer tb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniella, obrigada pelo comentário!
      Para escolher as atividades para uma criança é fundamental conhecê-la para saber em que estágio cognitivo está exataemnte, mas tomando pela média, o importante agora é fazer muitas brincadeiras de coordenação motora ampla e fina com a Beatriz. Recomendo esse blog com muitas sugestões: http://johannaterapeutaocupacional.blogspot.com.br/, procure no menu do lado direito por "Atividades de coordenação motora". Vc tb pode introduzir o giz de cera grosso e se desejar, conhecer sobre os programas de estimulação de Glenn Doman. Nos grupos do facebook que linkei aqui (acima, ao lado direito) você tb pode conhecer uma variedade enorme de atividades para sua filha, além de outras mães que as aplicam. Beijos e boa sorte!

      Excluir
    2. Daniella, vc fez a pergutna q eu ia fazer. Meu filho tem 1 an oe 2 meses, eu fico o ida inteiro c ele e el ñ prende em uma atividade só. Por exemplo, mesmo qd deixo passando um DVD, ele ñ para p assistir ao DVD, precisa de outra atividade combinada. Estou pesquisando loucamente. Inclusive, estou à procura do "Como ensinar seu bebÊ a ler", mas está difícil, pois está esgotado.
      Aliá,nem sei se já está tarde pra começar neste método específico. Só ouço dizer q é mt difícil de usar em casa, pq são mts cartões, q é impossível fazer sozinha.
      Às vezes me sinto bem perdida.
      Estou tentando fazer um planejamento c/ 3 atividades (manhã, tarde, noite), pra variar as brincadeiras e o que está sendo estimulado.
      Vou agora ver esse link q a Luciana indicou.

      Excluir
  11. Oi Luciana, a tenho venho tentando colocar em prática essas dicas de vcs, mas sem sucesso, devido a correria, parei de trabalhar para ficar em casa com meus filhos. tenho um menino de 3 anos e 4 meses e uma menina de 2 anos e 2 meses. Como faço para conciliar as atividades para os dois, ou tenho que fazer separado? Você pode me dar umas dicas de por onde começar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cáren. Sobre seus filhos, como é apenas um ano de diferença, muitas atividades podem ser feitas juntas, mas você necessariamente tem que parar pra ter um tempo só com um e com outro, separadamente, TAMBÉM. Aqui em casa eu separo nas atividades de linguagem e matemática, e nas demais eu os junto. No caso dos seus, procure por atividades de coordenação motora fina que ambos possam praticar juntos, dê uma olhada no blog da Johanna: http://johannaterapeutaocupacional.blogspot.com.br/
      Sobre a correria, não se engane, é assim com todo mundo, comigo também. A resposta não está comigo ou com qualquer outra pessoa, você vai ter que encontrar os horários e rotina mais confortáveis e adequados pra você e seus filhos. Comece aos pouquinhos, com o básico, e depois que for implementando hábitos, vá acrescentando outras coisas. Meus próximos posts aqui no blog vao ser sobre materiais e rotina. Beijos e boa sorte!

      Excluir
  12. Que tudo!!!
    Obrigada por existir e compartilhar todo o seu conhecimento e experiência com a gente!!! Bjus!!!

    ResponderExcluir
  13. Qual primeiro passo a se tomar com relação a orgãos públicos ao aderir ao homeschooling pois sabemos que infelizmente não e legal no Brasil ?
    Posso simplesmente começar a ensinar em casa ?
    meu medo e de receber a visita do conselho tutelar .Por favor me mande mais esclarecimento. olga.estetica@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Olga, não tinha visto ainda tua mensagem. Procure por informações através da ANED (Associação Nacional de Ensino Domiciliar) e nos grupo Homeschooling Brasil do Facebook. Resumindo, no Brsil a criança deve ser matriculada na escola aos 4 anos sob pena dos pais serem acusados de negligência intelectual (ou crime de abandono intelectual). Mas na prática isso acontece da seguinte maneira: os pais primeiros são denunciados (e por isso a maioria dos praticantes do ensino domiciliar não costumam gritar aos quatro ventos que o fazem), por uma escola ou por alguém que não concorda com o homeschooling. Daí o conselho tutelar chama os pais para ouví-los e investiga por que a criança não está na escola. Se o conselheiro acha que realmente há abandono intelectual (o que nem sempre acontece, porque normalmente ele logo vê que a criança está acima da média em se tratando de aprendizado, e para isso os pais devem manter registros de todas as atividades que realizam par aeducar seu filhos, como cadernos, fotos, etc), mas se o conselheiro acha que ainda assim a criança deve ir à escola, ele passa o caso ao Ministério Público, que por sua vez dá um parecer: ou deixa os pais livres para continuarem o HS, desde que periodicamente sejam novamente investigados se continuam zelando pela educação da criança, ou então obrigam os pais a matricularem a criança numa escola. No Brasil há relatos dos dois casos, porque no final, vai depender muito de quem julgar o caso. Mas temos caminhando para uma aceitação cada vez maior, e mais e mais pais têm se unido para se apoiar e praticar a educação domiciliar. Boa sorte!

      Excluir
  14. Lu!!! Posso te chamar assim ?? rsrs Acabei de achar seu blog e estou FASCINADAAAAAA!!! A junção de seus conhecimentos e tudo o que vc compartilha é TUDO o que eu acredito e procuro!!! Montessori, Homeschooling, musicalização infantil, ensino de lingua estrangeira e de quebra você é religiosa!! NOSSA!!! Mal posso esperar para devorar todo o conteúdo do seu Blog!! tenho uma bebê de 1 ano e 1 mês e estava meio perdida em saber por onde começar no ensino dela. PABARENS pela iniciativa. Tenho certeza que Deus te iluminou para ajudar diversas pessoas que, como eu, estavam perdidas no processo de educação. Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  15. Moro em João Pessoa e tive que tirar meu filho da escola, tive problemas com a professora,que chegou a restringir acesso a livros para meu filho pq ele faltara na sexta, como um castigo. Ele tem 4 anos não vi lógica nesse absurdo, isso foi a gota dagua. Então resolvi educa-lo em casa até fim do ano, seu blog me trouxe muita luz mesmo antes do problema que enfrento. Obrigada. Vou me organizar e fazer meu planejamento. Adorei o teu e vou apenas adaptar. Obrigada novamente.

    ResponderExcluir
  16. Vc conhece alguém que pratique o homescholling aqui na região? Pq me preocupo com a parte da socialização.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Eu que agradeço sua mensagem, que muito me comoveu. Atualmente estou em dívida com este blog, parei de escrever aqui faz um tempo, mas pretendo voltar, e relatos como o seu me lembram disso. Você pode usar os livros didáticos que se usam na escola para ter uma ideia dos conteúdos que pode selecionar pra o planejamento e adaptar, incluindo atividades práticas e lúdicas ao invés de se deter no livro. Tb pode aproveitar o interesses de seu filho e se aprofundar nisso. É uma das vantagens do homeschooling. Aconselho que você entre no grupo homeschooling brasil do facebook: lá há mães de vários lugares do país, é possível que você encontre alguém de João Pessoa. Infelizmente eu não conheço, mas você também pode prover a socialização de seu filho levando-o a aulas de esporte, ou língua estrangeira, kumon, arte, música ou outro curso onde ele possa conviver com outras crianças. Não que a socialização se limite a esses momentos, mas lá você poderá conhecer outras mães e marcar passeios com as crianças, provendo assim momentos de sociabilização bem proveitosos. Boa sorte, tudo de bom para você e seu pequeno! Beijo.

      Excluir
  17. Amei o post!Infelizmente, como preciso trabalhar, minha filha frequenta uma escolinha pública, mas como não estou satisfeita com o ensino,resolvi complementar com a educação domiciliar,mas estou muito perdida em relação a metas, métodos e planejamentos e seu blog tem me ajudado muito.

    Náy

    ResponderExcluir
  18. olá Lú!
    Gostei muito do que vc escreveu, gostaria de tirar dúvidas com vc. qual seu email?
    obrigada

    ResponderExcluir
  19. Olá paz de Cristo Luciana, estou escrevendo para dizer que seu blog foi muito importante para mim, tenho duas meninas hoje elas estão com 7 e 5 anos conheci seu blog algum anos atras venho aplicando algumas sugestoes e tive bons resultados quando li que minhas filhas aos tres anos podia aprender matematica comecei como você recomendou ensinando quantidades fiz a utilização do crivo fiz em casa o meu era de EVA amarelo, imprimi varios livros do Kumon do link que você havia deixado, e sobre alfabetização comecei a frequentar a biblioteca com minhas filhas segui a dica lemos varios livros da Ana maria Machado, o seu conhecimento me ajudou muito por isso quero dizer muito Obrigada!!Que Deus te abençoe , eu te amo em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Edinete! Fiquei muito emocionada com seu comentário. Beijos e parabéns pela dedicação às suas filhinhas. Que Deus as abençoe também!

      Excluir
    2. Olá, Luciana, tudo bem? Você ainda mora no Recife? Sou repórter e gostaria de fazer uma matéria sobre o tema. Como faço para entrar em contato com você?

      Excluir
    3. Oi, Roberta! Tudo bem! Me manda um e-mail: luciana.dta@hotmail.com E fala mais sobre o que você tem em mente com essa matéria. Beijo, até mais!

      Excluir