9 de março de 2013

Cabana de tecido e bambolê

Vi ainda há pouco uma foto de uma dessas cabaninhas no grupo Montessori para Mamães, e me lembrei que fiz uma há um ano atrás. A ideia era partilhar o passo-a-passo aqui, mas não sei porque não o fiz na época (sei sim, porque sou uma criatura desmemoriada).

Eu classifiquei com a tag "Montessori", porque ela proporciona um espaço definido para a criança, um lugarzinho onde ela tem privacidade para explorar seus brinquedos, livros, de forma confortável e sossegada.

Não vou mentir, deu um BOCADO de trabalho, mas isso é porque não sou uma menina prendada. Então isso prova que tanto as mamães mais habilidosas quanto as mais desajeitadas podem tentar fazer. É uma ideia apropriada para bebês e crianças em qualquer faixa etária.

PASSO a PASSO

Material:

- 6 metros de cetim (2m de cada cor) + 3 metros de tule vermelho. Comprei tudo por R$ 25,00
Escolhi o cetim por ser um tecido leve, brilhante, colorido e barato. Tem de vários tipos,  comprei o mais simples. O tule ficou para o telhado. Como aqui é muito quente, optei por não fechar a tenda em cima com tecido, para ficar mais ventilado, assim, o tule é só para dar um efeito decorativo de telhado.

- 3 peças de 10 metros de fita cetim 21mm (1 de cada cor) - R$ 7,50

- Apliques de EVA com tema circo - R$ 4,50

- 1 metro de pelúcia (mas só usei a metade) - R$ 25,00. Escolhi a pelúcia para o chão da tenda, mas você também pode fazer com EVA. Inclusive, acredito que o EVA grosso, daquele tipo tapete, é ainda melhor, pois dá mais estabilidade à tenda depois de pronta. O tapete de pelúcia é bonito e confortável, mas fica enrolando, de modo que eu tive que pregá-lo ao chão com velcro.

- Item mais importante: colas brascoplast (adesivo de contato). Vários tubos. Não lembro mais quanto usei, sei que foi muito porque colei TUDO com cola. Não sei costurar kkkkkkk

- 2 Bambolês em m´dulo da marca "bambolelê" (não anotei o preço). Escolhi esse bambolê, porque o bambolê infantil normal é muito pequeno. E o grande é muito caro. Com esse bambolê em módulos ele fica no tamanho que você quiser. E eu queria grande porque aqui em casa são dois na cabana...



Abaixo, eu toda feliz porque consegui brincar de bambolê depois de anos. Descobri na net que o bambolê precisa ser grande para você conseguir girálo na cintura, se for adulto. Por isso raramente um adulto consegue girar os bambolês infantis, tem que ser proporcional ao tamanho da pessoa. Como sempr efui grandona, entendi porque, mesmo pré-adolescente, ficava frustrada por não conseguir dançar a música do bambolê da Xuxa kkkkkkk Minha frustração acabou!

Depois do bambolê montado, prendi fitas nele para fazer a sustentação da tenda. Escolha fitas bem resistente. O difícil é você conseguir colocá-las de forma simétrica, de modo que o bambolê fique bem equilibrado. Eu usei quatro fitas, mas quanto mais você amarrar, mais estável o bambolê vai ficar, sem risco da tenda ficar pendendo pra os lados. Prenda-as com um ganchinho para pendurar no teto.


Depois veio a parte mais trabalhosa: cortar todos os tecidos e emendar cada um cola. A cola (adesivo de contato) funciona muito bem com o cetim. Se for usá-la procure apenas fazê-lo num ambiente aberto e arejado, pois o cheiro é bem forte. Se estiver amamentando nem pensar, hein? Como as emendas ficam com a marca da cola, colei as fitas de cetim por cima. Para não ficar tão manchado, é só espalhar a cola com o dedo depois de aplicar. Todo o acabamento do tecido tb foi feito com essas fitas (porque não sei costurar abanhado!)


Na ponta dos tecidos, fiz o espaço para o bambolê passar (imagine uma cortina de varão). Meça o diâmetro do bambolê, e dê uma folguinha para não ficar difícil de passá-lo depois. Usei um cabo de vassoura para me ajudar.

 Para melhorar a ventilação, resolvi fazer uma janelinha na tenda. Colei a fita cetim em cima de umas tiras de papelão,  para a janela ficar bem firme, sem ficar molenga, caindo. Depois fiz outra do mesmo tamanho: a ideia é ficarem uma sobre a outra, só que uma fica na parte de dentro da tenda, e a outra fica na parte de fora da tenda.

 Depois é só cortar o tecido da janela. Aqui medi a 60 cm do chão e marquei com lápis.

 Na parte de dentro da tenda fiz bolsos, um de cada lado e um abaixo da janela, usando o mesmo esquema de retalhos de cetim com acabamento de fita.

 Colei o cetim por baixo do tapete de pelúcia, que foi cortado em formato redondo, usando o bambolê como molde. .

 Neste ponto um mistério: eu lembro de ter tirado dezenas de fotos da tenda pronta, de cada detalhe, dela "de corpo todo", com telhadinho e tudo mais. Mas não tenho a mínima ideia de onde foram parar essas fotos. Já vasculhei tudo por aqui e não encontrei. Dela, por fora, só sobrou a foto abaixo, e estava meio bagunçada porque as crianças já tinham brincado bastante lá dentro. Acabei levando-a para a escola, e colocando na sala de Vinícius. Virou um cantinho de leitura para as crianças. Repare que coloquei velcro na abertura, até uam certa altura. Não aparece na foto, mas também coloquei pregadores, um de cada lado da abertura frontal, "segurando" a portinha de entrada. E uma bandeirinha com apliques de circo por fora, e por dentro também colei vários apliques para enfeitar (cadê as fotos, cadê???)


Hoje, por falta de espaço, ela está guardada. Mas rendeu momentos muito gostosos, tanto com meus filhos quanto com meus alunos.

Na net é possível achar modelos lindos desse tipo de cabana/tenda. Procure no google imagens por "kids fabric tent", "cabana de tecido para crianças" "cabana ou tenda de bambolê". Gosto muito desse passo a passo AQUI. Se quiser fazer algo só para uma brincadeira ocasional, experimente amarrar tiras longas de TNT ou fitas no bambolê e pendurá-lo no alto. Improvisar com lençóis tá valendo também ;-)

2 comentários:

  1. Seus filhos certamente são muito felizes por ter uma mãe tão maravilhosa!!

    Parabéns por tudo, você é um exemplo de pessoa.

    ResponderExcluir